O PODER DO PENSAMENTO

  1. Embora alguns exagerem, o adágio “querer é poder” tem muito de verdade. Todo o atleta sabe que bater um recorde não é resultado de simples preparação física, mas do cultivo da mente e do pensamento. De igual modo, muitas das coisas que fazemos, emoções que sentimos e até doenças que sofremos têm sua origem nos pensamentos. 2 Este capítulo traz um gráfico que mostra os efeitos, a origem e influência dos pensamentos.3 O ambiente( pessoas, lugares e circunstâncias), a personalidade (otimista,suspeita,agressiva,etc.) e as recordações e experiências do passado são as molas propulsoras que provocam nossos pensamentos. Cada pessoa pode controlar seus pensamentos e dirigir a sua vontade para obter ou não uma reação final correspondente. Nos conteúdos e na forma de processar os pensamentos se pode obter resultados diversificados.

Continuar lendo O PODER DO PENSAMENTO

Tecnologia da Intel ativa GPU para rastrear vírus sem afetar desempenho

Alextech Suporte

Intel-Chipset

Os atuais chips gráficos da Intel podem até não oferecer uma experiência completa em jogos, mas ao menos eles permitirão que o seu computador fique mais protegido: a companhia anunciou uma tecnologia capaz de usar a GPU para reforçar a segurança do sistema operacional e, ao mesmo tempo, evitar que a CPU fique sobrecarregada.

Chamada de Tecnologia de Detecção de Ameaças (TDT, na sigla em inglês), a novidade inclui uma função que permite que o antivírus faça uma varredura acelerada da memória por meio da GPU. Com isso, a carga de trabalho do processador nessa atividade cai de 20%, em média, para 2%.

Não que antivírus sejam softwares pesados. O problema é que, quando determinados malwares contaminam o sistema operacional, eles permanecem ativos somente na memória RAM, não deixando rastros no HD ou SSD. Antivírus conseguem fazer varreduras na RAM, mas o preço disso é o comprometimento do desempenho geral.

Ver o post original 147 mais palavras

E O Vento Levou

Esta é a primeira parte do livro ganhador prêmio Pulitzer de 1937. Sua adaptação para as telas de 1939, foi indicada a 13 Óscares, ganhando oito, inclusive o melhor filme e de melhor atriz para a inesquecível performance de Vivien Leigh. Um dos maiores clássicos do cinema.

E vento levou, de Margaret Mitchell, traz a impressionante história da bela Scarlet O’Hara e de sua transformação de jovem impetuosa e mimada em mulher prática e disposta a tudo para conseguir o que deseja. Frustrada por não conseguir se casar com Ashley Wilkes, Scarlet acaba se envolvendo com o charmoso aventureiro Rhett Butler com quem viverá uma das história de amor mais célebres e conturbadas da literatura. Mitchell descreve de maneira impressionante a guerra civil norte-americana e retrata as grandes mudanças que

pavimentaram a história dos Estados Unidos e enterraram para sempre um estilo de vida.

Bebidas Fonte de prazer e saúde ou de mal-estar e doença Depoi

Bebidas
Fonte de prazer e saúde ou de mal-estar e doença

Depois de respirar, beber é a atividade fisiológica seguinte do ser humano ao nascer.
E no decorrer da vida, ele vai beber todos os dias, seja água ou qualquer outros líquidos selecionados dentre uma imensa variedade que a natureza e a indústria de alimentos colocam a sua disposição.
Há líquidos refrescantes e nutritivos, como sucos, shakes, sopas e chás medicinais. Porém, existem outros líquidos para beber, como os refrescantes que são açucarados e fazem engordar, ou bebidas alcoólicas, cujo consumo esta associada a danos em vários órgãos do corpo humano, podendo também induzir ao comportamento violento e resultar em acidentes.
Portanto, há bebidas que podem curar e outras, até matar, conforme o tempo e a dosagem utilizada.
Sendo que beber é essencial para nossa manutenção física, precisamos conhecer as características de cada tipo de liquido a escolher sabiamente quais, quando e como devemos usar.
O primeiro capítulo desse livro é dedicado à descrição das principais bebidas disponíveis ao ser humano. 💧🌊

O Mundo é dos espertos 

A máfia estava com problemas de caixa, porque a polícia estava prendendo todos os cobradores e confiscava o dinheiro. Os chefões resolveram então contratar um cobrador surdo-mudo. Se o cara fosse preso, não diria nada. Na primeira semana, o cobrador consegue recolher 40.000 dólares. Dá uma coceira na mão, e ele decide ficar com a grana e colocá-la em lugar seguro. Uns dias depois, a máfia percebe que está acontecendo algo e manda um pessoal para ‘conversar’ com o cobrador. Os capangas encontram o surdo-mudo e perguntam-lhe onde está o dinheiro. O cobrador não consegue se comunicar, e a máfia manda buscar um intérprete. – Pergunte-lhe onde está a grana! ? diz um dos capangas. Por gestos, o interprete faz a pergunta ao surdo-mudo. O homem responde, também por gestos: – Não sei do que vocês estão falando… O interprete traduz aos capangas: – Ele disse que não sabe do que vocês estão falando… Um bandido puxa um 38, aponta-o para a cabeça do cobrador e diz, dirigindo-se ao intérprete: – Pergunte-lhe novamente onde o dinheiro está! O interprete faz a pergunta. Assustado, o surdo-mudo responde por gestos: – Desculpem, foi um momento de fraqueza. Os 40.000 dólares estão numa cavidade da terceira árvore em frente ao Museu Metropolitano de Arte, no Central Park. O intérprete vira pros bandidos: – Ele continua insistindo que não sabe do que vocês estão falando, diz que vocês são um bando de bichas e que ninguém aqui é homem pra puxar o gatilho…